MOLAR DECÍDUO INFRAOCLUIDO: RELATO DE UM CASO RESTAURADO COM CIMENTO IONÔMERO DE VIDRO ENCAPSULADO, UM ANO DE ACOMPANHAMENTO

Ana Paula DORNELLAS, Karla Dayanna Tavares CAVALCANTE, Tamara Kerber TEDESCO, Isabela FLORIANO, José Carlos Pettorossi IMPARATO

Resumo


A infraoclusão de dentes decíduos pode ocorrer devido a fusão anatômica do cemento dentário com o osso alveolar, situação que denominamos como anquilose dentária. Esse evento, comum em molares decíduos, pode causar prejuízo no desenvolvimento da oclusão. O objetivo desse trabalho foi relatar a reabilitação de um molar decíduo infra-ocluído utilizando uma banda ortodôntica sobre o dente, cimento de ionômero de vidro modificado por resina encapsulado (Riva Ligh Cure, SDI, Brasil) e seu acompanhamento durante doze meses. Paciente de nove anos, do sexo feminino, compareceu ao consultório acompanhado de sua mãe com uma queixa estética. Após diagnostico de anquilose, foi realizada a restauração no elemento dentário em sessão única e realizado acompanhamento clínico e radiográfico durante doze meses. Ao final desse período observamos que o dente tratado permaneceu restaurado o que proporcionou a esfoliação das raízes do dente decíduo e consequentemente a erupção do dente permanente. Diante disso, concluímos que é possível tratar molares decíduos em infraoclusão com cimento de ionômero de vidro modificado por resina, no intuito de facilitar a realização do procedimento em sessão única e diminuir os riscos associados a um dente anquilosado não tratado precocemente.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18571/acbm.179

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Acta Biomedica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.