APLICAÇÃO EXÓGENA DE GA3 E TIAMETOXAM SOBRE A DINÂMICA DA GERMINAÇÃO DE SEMENTES DE Psidium guineense Swartz (MYRTACEAE)

Michele Aparecida dos Santos NOBREGA, Montcharles da Silva PONTES, Etenaldo Felipe SANTIAGO

Resumo


Estudos com plantas nativas são de grande importância uma vez que auxiliam tanto na preservação das espécies quanto de seu habitat natural. Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência do ácido giberélico e do tiametoxam na germinação de Psidium guineense. Foram realizados dois tratamentos com tiametoxam e dois com ácido giberélico bem como a associação da menor concentração de ambos, e um tratamento controle. Embora a aplicação da associação de GA3 e Tiametoxam tenha elevado em 27,7% o percentual germinativo, não foram verificadas diferenças significativas (p<0,05) nas variáveis de percentual e de frequência relativa de germinação. Quanto ao tempo médio de germinação observou-se uma variação de 10,5%. No entanto a velocidade de germinação foi similar entre os tratamentos. Observou-se apenas na maior concentração de Tiametoxam efeito significativo (p<0,05) no coeficiente de variação do tempo. Avaliar os efeitos que diferentes substâncias bioestimuladoras possuem sobre a semente e a melhor forma de manuseá-los em espécies nativas propicia um melhor conhecimento da biologia das espécies.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18571/acbm.173

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Acta Biomedica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.