RELAÇÃO ENTRE OS VALORES DO VCM E DO RDW-CV EM HEMOGRAMAS DE PACIENTES ATENDIDOS NO LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS EM ITAPERUNA-RJ

Kleuzenir Silva Turbano LEAL, Josileyde Ribeiro Dutra de SOUZA, Juliano Gomes Barreto, Cristiano Guilherme Alves de OLIVEIRA

Resumo


Os índices hematimétricos são uma importante ferramenta de auxílio no diagnóstico de diversas enfermidades como nas anemias. Com o objetivo de analisar as correlações de VMC e do RDW-CV entre faixa etária e sexo, bem como avaliar a relação entre o VCM e o aumento ou diminuição do RDW-CV, foi realizada coleta dos dados entre 318 pacientes atendidos no ambulatório do Laboratório de Análises Clínicas do Hospital das Clínicas, para fins de utilidade diagnóstica dos indicadores automatizados de anisocitose diante da presença ou ausência de alteração do VCM. Foram analisados estatisticamente os dados de correlação entre VCM e de RDW-CV entre faixa etária e sexo com o teste F. Já para os grupos de VCM - Macrocítico, Normocítico e Microcítico - com relação ao RDW-CV, utilizou- se a correlação de Pearson e teste t-Studant. Não houve diferença significativa com relação ao sexo para o índice de RDW-CV, apenas para o VCM. A análise realizada na determinação do VCM pelas faixas etárias mostrou diferença significativa apenas entre os indivíduos de 18 a 59 anos com os de até 10 anos e os de 11 a 17 anos. Com relação ao RDW-CV todas as relações apresentaram diferença significativa entre si, exceto a estabelecida entre os de 11 a 17 anos com os de 18 a 59 anos. Os testes sobre os grupos de VCM mostrou significativa correlação apenas nos grupos microcítico e macrocítico. No entanto, todos os grupos mostraram resultado significativo no teste t-Studant.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18571/acbm.086

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Acta Biomédica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.