ANÁLISE DAS INTERNAÇÕES E DA MORTALIDADE POR DOENÇAS CARDÍACAS ISQUÊMICAS EM IDOSOS NO DISTRITO FEDERAL, NO PERÍODO 2000 A 2012.

Marcelo Xavier Coelho, Amanda Alves Da SILVA, lUCY GOMES Vianna, Clayton Franco Moraes, Gislane Ferreira De Melo

Resumo


As doenças do aparelho circulatório estão entre as que apresentam maior morbimortalidade. Dentre elas, a cardiopatia isquêmica é a mais prevalente entre os indivíduos idosos (≥60 anos). O objetivo deste estudo foi investigar a incidência de doença cardíaca isquêmica no Brasil e no Distrito Federal (DF). Os dados foram obtidos na base de dados do Sistema de Informações de Mortalidade e no Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde, disponibilizado pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Foram analisadas as taxas de internação e óbitos por cardiopatia isquêmica em idosos selecionadas destes bancos de dados, no período de 2000 a 2012. A incidência de internações e óbitos nos idosos foi alta no período estudado, tanto no Brasil como no DF, sendo que este último apresentou taxas mais elevadas quando comparadas com a população brasileira. Homens idosos tiveram maior prevalência do que mulheres idosas, tanto no DF quanto no Brasil. Concluiu-se que não houve diminuição nas taxas de internação e de óbitos por doença cardíaca isquêmica no período estudado,  em discordância com o citado  na literatura. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18571/acbm.088

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Acta Biomédica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.