ADESÃO À PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS GENÉRICOS POR PARTE DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA MÉDICA

Marília Aparecida Silva ALONSO, Adryelle Furtado BARBOSA, Nídia Gomes Caetano SILVA, Kiara de Medeiros Braga CRUZ, João Romário Gomes SILVA, Sérgio Henrique de Mattos MACHADO, Denise Aparecida SILVA

Resumo


Introdução e objetivos: é observada, informalmente, alguma relutância quanto ao uso dos medicamentos genéricos pelos prescritores, assim, o objetivo da pesquisa foi avaliar a atual aceitação dos médicos quanto ao uso de tais medicamentos. Metodologia: questionário aplicado a 50 profissionais de diferentes especialidades médicas, realizado entre 08 de maio a 12 de agosto de 2013. Resultados: 22% exercem a profissão há menos de um ano, 32% entre um e três anos e os demais há mais de quatro anos. As especialidades médicas incluíram Clínica Médica (30%), Cardiologia (24%), Medicina Intensiva (10%) e outras áreas (36%). Um total de 70% dos profissionais revelou confiança na eficácia do medicamento genérico e 30% não acreditam na eficácia. Avaliou-se a prescrição de medicamentos genéricos e os de referência ou similares, sendo que 32% prescrevem de modo igualitário os genéricos e referência/similares e 24% prescrevem maior número de genéricos. Dentre os profissionais, 54% afirmaram apresentar restrições quanto à substituição do medicamento por ele prescrito por um similar, de referência ou genérico enquanto que 46% não apresentam restrições. Os profissionais foram, ainda, questionados quanto ao medicamento genérico mais prescrito e sobre a preferência na prescrição pelo nome comercial ou pelo princípio ativo, sendo que 54% afirmaram que preferem prescrever pelo princípio ativo e 16% pelo nome comercial. Conclusões: a maioria dos profissionais da área médica confia na eficácia dos medicamentos genéricos; prefere a prescrição pelo princípio ativo; apresenta restrições quanto à substituição do medicamento por ele prescrito e, os medicamentos genéricos mais prescritos são os antibióticos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Acta Biomédica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.