COMPARAÇÃO DA EFICÁCIA ENTRE EXERCÍCIOS EM CADEIA CINÉTICA ABERTA E FECHADA NO TRATAMENTO DE INDIVÍDUOS COM SÍNDROME FEMOROPATELAR

Paulo Henrique Silva Valentim dos SANTOS, Newbson da Silva CÂNDIDO, Michele Fontes SILVA

Resumo


A articulação do joelho envolve cerca de 50% das lesões musculoesqueléticas, sendo a síndrome femoropatelar (SDFP) a alteração mais comum, que corresponde a 20% dessa população. É caracterizada pela presença de dor difusa na região anterior e retropatelar do joelho, aumentando a dor ao realizar exercícios específicos. Os exercícios em cadeia cinética aberta (CCA) e cadeia cinética fechada (CCF) aplicado no tratamento da SDFP promove redução da intensidade da dor, aumenta à força muscular, dentre outros. O objetivo deste foi comparar a eficácia entre o exercício em CCA e CCF em indivíduos com SDFP. Trata-se de um estudo de revisão de literatura analisando publicações dos últimos 11 anos nas bases de dados PubMed, SciELO e Medline. Foram incluídos no trabalho artigos que abordasse indivíduos com SDFP, exercícios em CCA e CCF, protocolos, ângulo Q, EMG, estudos entre 2003 a 2014. Foram excluídos os que não abordavam exercícios estudados em seu contexto. Quarenta e sete trabalhos foram pré-selecionados, 30 foram excluídos por não atenderem aos critérios de inclusão. Dessa forma, 17 estudos foram incluídos no trabalho tanto para confronto quanto para referencial teórico. Os estudos demonstraram que tanto os exercícios em CCA quanto os em CCF são eficazes no tratamento da SDFP, ambos mostraram resultados satisfatórios como melhora na capacidade funcional, redução da dor e diminuição do ângulo Q, contudo, os autores mostraram que os exercícios em CCF mostraram-se superior.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18571/acbm.081

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Acta Biomédica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.