ESTUDO DA VARIABILIDADE DE BILIRRUBINA TOTAL E DIRETA EXPOSTAS À LUZ AMBIENTE

Amanda Vargas de FREITAS, Melina Vargas de FREITAS, Cristiano Guilherme Alves de OLIVEIRA, Wilkes de OLIVEIRA, Yuri Morais de Paula KASHIMA, Juliano Gomes BARRETO

Resumo


A bilirrubina é um pigmento amarelo que é produzido pelo corpo quando as hemácias são degradadas. As amostras da referida substância devem ser protegidas da ação direta da luz artificial ou solar pois em presença dessas podem ser foto-oxidadas. O presente projeto de pesquisa teve como objetivo avaliar a variabilidade das amostras de bilirrubina total e direta expostas à luz, o grau de porcentagem de diferença entre os resultados. Para melhor entender o seguinte trabalho foram obtidas amostras de forma aleatória, sendo estas coletadas em duplicata onde uma foi exposta diretamente à luz ambiente por período de 8h e a outra protegida de exposição, sendo então os referidos tubos envolvidos em papel alumínio e abrigados em gaveta de madeira sob a bancada/armário do laboratório. Por meio dos resultados da referida pesquisa pôde-se observar uma diferença quanto à leitura das amostras, considerando o tempo e o modo de conservação destas.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18571/acbm.187

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Acta Biomedica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.