REVASCULARIZAÇÃO MIOCÁRDICA PERCUTÂNEA APÓS FALHA DE ENXERTOS POR HIPERPLASIA INTIMAL

Júlio Tinoco NUNES, Emanuela de Oliveira GALLO, Monique Bandoli França PEREIRA, Matheus Sigiliano CARNEIRO, Luis Vinícius Andrade HIPÓLITO, Sérgio Rodrigues MARANHA, Antônio Carlos Botelho da SILVA

Resumo


A hiperplasia intimal é definida como uma resposta exacerbada à reepitelização de células musculares lisas e matrizes extracelulares no compartimento da íntima que ocorre entre 4-6 semanas de pós-operatório estendendo-se até um ano após o ato cirúrgico. Esse processo parece estar relacionado com a isquemia transitória do enxerto após a retirada do seu habitat natural, reperfusão e estresse na parede do vaso após o implante na circulação coronária. O local mais acometido pela hiperplasia intimal é ao nível das anastomoses. Objetivo: Este estudo objetiva relatar o caso de uma paciente de 67 anos admitida no Hospital São José do Avaí (HSJA) com Síndrome Coronariana Aguda após falha de enxertos por hiperplasia intimal três meses após a revascularização do miocárdio e propor uma alternativa rápida, eficaz e menos invasiva para condição clínica abordada. Materiais e Métodos: este estudo será do tipo relato de caso realizado através de entrevista com a paciente, análise do prontuário, revisão dos exames complementares e levantamento bibliográfico em livros e artigos médicos relevantes relacionados ao tema. Resultados: Paciente recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) 5 dias após intervenção hemodinâmica percutânea, sem dependência de dispositivos de assistência circulatória ou aminas vasoativas com posterior alta domiciliar em classe funcional I. Conclusão: a intervenção coronária percutânea com stent farmacológico aparece como uma opção eficaz, segura e com boas taxas de sucesso para os casos de Síndrome Coronariana Aguda por falha de enxertos por hiperplasia intimal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18571/acbm.134

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Acta Biomedica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.