CONTAMINAÇÃO AMBIENTAL POR OVOS DE Ancylostoma spp. E Toxocara spp. EM ÁREAS DE SEIS PRAÇAS PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE VALENÇA, ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Filipe Souza de Lima e CIRNE, Thassio da SILVA, Anna Carolina Folly de CARVALHO, Patrizia Mota DIAS, Carina Diniz RAMOS, Lilian Cristina de Sousa Oliveira BATISTA

Resumo


A contaminação de praças públicas por ovos de geohelmintos constitui um problema de saúde pública. Nesses locais, ovos ou larvas podem permanecer por muito tempo, até que a infecção ocorra. O objetivo deste trabalho foi verificar a contaminação ambiental por ovos de Ancylostoma spp. e Toxocara spp. em amostras de solos coletadas de praças públicas de Valença, Rio de Janeiro. O trabalho englobou seis praças próximas ao centro da cidade. Foram colhidos 50g de solo de cinco pontos diferentes de cada praça, totalizando-se 30 amostras. Utilizou-se as técnicas de centrífugo-flutuaçãoem solução saturada de açúcar e de Hoffman. A contaminação somente por ovos de Ancylostoma spp. foi de 66,6% (4/6), sendo encontrados ovos em 30% (9/30) das amostras de solo analisadas. A ocorrência de ovos de Ancylostoma spp. nas praças públicas de Valença enfatiza a importância da adoção de medidas restritivas rígidas que impeçam a entrada de animais em locais de recreação para crianças, pois não apenas este, mas outros parasitas são capazes de comprometer a saúde humana e atuar como forma de infecção no ambiente para outros animais. 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18571/acbm.120

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Acta Biomedica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.